ESTUDO DE PROTEÇÃO

O projeto de uma subestação de energia elétrica nova envolve muitas coisas. Quando a potência instalada é maior que 300 kVA, por exemplo, é necessário ter um disjuntor de média tensão, que tem que ter proteção através de um relé de proteção secundária, com no mínimo as funções ANSI 50 e 51. E de que forma esse relé seria ajustado?

Para saber isso, é realizado um estudo de proteção e seletividade, um serviço que pode incluir também a parametrização do relé de proteção e o comissionamento da sua instalação também, para garantir que os valores estão ajustados corretamente e que não há problemas na sua instalação e atuação.

Mas esse estudo não é realizado apenas no caso de novas subestações. Ele normalmente é realizado também quando a demanda contratada é alterada ou mesmo quando um disjuntor mais antigo passa por retrofit ou é substituído.